"Foi assim que te amei" - Adriana Brazil



Como vocês já sabem, eu sou apaixonada por escrever e, consequentemente, também sou apaixonada por ler. Leio todos os tipos de livros, mas os que mais a-m-o são os romances. Alguns dizem que são bobagens, mas não importa o que dizem, eu gosto e ponto final. Ler romance não me fará mais burra ou mais fútil, pelo contrário, me inspira e eu acho que a gente tem que ler o que mais agrada. Por isso, decidi criar um espaço para eu compartilhar com vocês as minhas opiniões a respeito das minhas leituras e dar algumas dicas também. E eu não poderia inaugurar esse espaço sem falar dessa série que me surpreender de todas as maneiras. 

Sinopse:

A série "Foi assim que te amei" conta a história de uma jovem chamada Helen, que é cheia de sonhos e objetivos a conquistar e filha única de uma família estruturada e feliz. No início da trama ela se vê envolta à expectativa do primeiro dia de aula na faculdade de Letras.  O talento para escrever rende a Helen o convite para dar continuidade a um projeto parado na faculdade: terminar um conto de amor entre um príncipe e uma plebeia, iniciado pelo escritor e estudante de teatro, Andrew Gamberini, que sofreu um acidente há um ano e abandonou a faculdade. Na medida em que entra em contato com a trama, Helen descobre-se apaixonada pelo seu autor e viverá intensamente um romance pelas quatro estações do ano. 


Resenha:


Primeiramente, eu não gosto de livros que contam histórias tristes, principalmente, se um dos personagens principais sofrem alguma doença ou algo parecido. Gosto de livros que me deixem felizes, mesmo porque, eu leio para distrair, relaxar e ser feliz. Mas vi muitas resenhas positivas no Skoob e resolvi dar uma chance e ler o livro. E não é que me apaixonei?

Quanto mais leio, mais tenho sido rigorosa ao comentar ou indicar, ainda mais quando estamos falando de romance. Tem autores que escrevem e acham que nós, leitores, somos obrigados a imaginar os sininhos tocando ou algo parecido. Não! Livro não é novela em que tem a ajuda de uma música e de imagens que nos ajudam a nos envolver. O livro precisa despertar em cada linha um interesse para virarmos a próxima página e fazer com que a gente respire fundo ao ler os encontros e desencontros dos personagens. 

Foi assim que te amei, me passou exatamente tudo o que eu estava procurando em um livro e não conseguia encontrar um tempinho. Eu não sou evangélica, mas não tenho preconceito com nenhuma religião, e ler um livro baseado na fé, na amizade e em um romance forte e especial, foi incrível. Sempre lemos algo em que os jovens são revoltados com os pais, ou que os amigos são loucos e traidores. Acho que os autores pensam que isso leva mais emoção ao livro, mas a Adriana Brazil mostrou que não. A personagem Helen ama a sua família e o Andrew não é nenhum Bad Boy que não está nem aí pra nada e encontra o amor da sua vida e muda o seu jeito completamente. (Confesso que estava cansada de livros assim). É um livro que passa uma linda mensagem e nos inspira a acreditar e ter fé, independente de qualquer coisa. Além de trazer um romance pra lá de especial, que nos faz suspirar e terminar a leitura da série com um sorriso bobo. 

Eu super indico a leitura para que gosta deste tipo de livro. Eu não li, devorei todos eles e está na lista de uma das minhas séries favoritas.

Nenhum comentário